Referências à arquitetura marcam a nova coleção de Alessandra Delgado

Conteúdo para o site da Alessandra Delgado Design.
A arquiteta Alessandra Delgado não deixa de lado sua formação na hora de criar novas peças. Sua nova coleção está repleta de referências aos conceitos da arquitetura e a profissionais renomados, como Jorge Zalszupin, que foi sua inspiração no desenho da chaise. “Quando estava desenhando a chaise, tinha muito o trabalho dele na minha cabeça. Jorge usou muito metais com cores quentes em suas criações”, conta Alessandra.
Os metais quentes estão presentes na maioria dos trabalhos dessa nova linha. A designer aplicou uma gama de padrões metalizados baseadas nos golden shades, que são as derivações dos dourados. Eles seguem a tendência Color Trend, desenvolvida pela marca italiana Lechler. Outro arquiteto icônico do design brasileiro homenageado é Sérgio Rodrigues: a poltrona Rô faz referência à célebre poltrona Mole.O lado arquiteta

banco Construção foi inspirado nos andaimes utilizados em obras. A estrutura de metal recebe o assento que respeita a forma orgânica da madeira e tem acabamento de verniz fosco. Outra reverência à sua área de formação está na mesa Planos. “Ao desenhar, eu pensava muito na arquitetura”, diz Alessandra. “A base de chapa de carbono foi pensada como se fosse um prédio que segura um tampo de madeira” completa.

Outras peças derivam de experimentações da designer com as formas. Um exemplo é a cadeira e poltrona Bruna, que surgiram de um exercício de Alesandra em fazer móvel com uma linha contínua. Se seguisse dobrando um arame, o que criaria? O resultado está nessas duas peças cujo encosto tem um balancinho que dá um aconchego em quem senta. A luminária Círculos veio do interesse da designer em trabalhar com várias formas circulares. A mesa que serve de suporte para luminária tem um movimento giratório que brinca ainda mais com as formas da composição.

O lado lúdico 



O ser humano também foi homenageado nessa coleção. A luminária Rótula traz referências das articulações humanas, como a rótula do joelho. “Queria que essa peça tivesse a leveza do funcionamento do corpo humano”, explica. A leveza e as formas orgânicas são características que permeiam todas nova linha, cujo o ponto de partida foi a delicadeza do metal.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s